segunda-feira

Quem me desperta?

Deitei-me comigo
não resisti
à curva desenhada pelo sonho

Acordei contigo
não resisti
à manhã

O meu nome é Pecado

Vivo de pedaços
pedaços de amor
que a minha vida tira a outras

Com tristeza profunda
cavo até ao fundo
do fundo das coisas

E o meu nome é Pecado
o teu já nem sei.

Sem comentários:

Enviar um comentário